domingo, 24 de abril de 2011

Resenha Histórica do Movimento - Câmara Municipal de Ribeirão Preto


Saiu no Gazeta  de 02-4-11 no espaço do leitor – Novo Aeroporto:
“ Mas para completar o raciocínio do leitor, que aponta outras questões, vamos ao Governo Estadual. Ele lembra que o Governador Geraldo Alckmin (PSDB) teve maioria de votos em Ribeirão e o que ele tem para oferecer agora é uma proposta de “ tentar dobrar “ o Ministério Público para reformar o aeroporto velho. E comenta que em 16 anos de gestão tucana, Baurú ganhou um novo aeroporto. O que eles (moradores de Baurú) têm melhor que nós – políticos, questiona.”

        Respondemos a este leitor que lá em Baurú eles não tem os   SLLQC * que infestam todos os meios, e a nossa Câmara Municipal não é  exceção.Desde 1995 nós moradores de Ribeirão temos cobrado nossos políticos, em especial nossos vereadores. Infelizmente uma ínfima minoria tem correspondido. Foram  diversas indas e vindas.

Em 1995, conseguimos a aprovação no Plano Diretor de artigo que previa a relocação do aeroporto externamente ao anel viário, foi  revogado na Gestão Gasparini (2004-2008).

Final da década de 90, atendendo a reivindicação de lideranças comunitárias do Complexo Aeroporto, o Vereador Coraucci Neto chegou a propor um projeto de Lei a favor de um aeroporto internacional para nossa cidade afastado do perímetro urbano, mas o projeto nem sequer chegou a ser votado tendo sido  boicotado pelos seus colegas edis à época, por falta de parecer.

Neste mesmo período (1996-2000) a Câmara aprovou a criação da 1ª CCE  para acompanhar e deliberar sobre a temática do Aeroporto Internacional para Ribeirão Preto e Região face o Aeroporto Leite Lopes ser objeto de estudo de viabilidade pela empresa norte americana TDA  

Embora referido  estudo tenha sido descartado por problemas de ordem jurídica, qual seja, empresa estrangeira não pode deliberar sobre assuntos ambientais no Brasil pois temos legislação própria, tal CCE indicou a ampliação do aeroporto para se tornar internacional.

Foi esta mesma CCE que não questionou a afirmação em depoimento do Secretário Municipal de Planejamento de que o aeroporto não ficava dentro da cidade de Ribeirão Preto (pg abaixo).

No período de 2004 a 2008, destacou-se o Vereador Beto Cangussú que publicamente assumiu a postura a favor da construção de um novo aeroporto em nova área. Chegou a fazer diversas diligências a favor do novo aeroporto mas também sem respaldo junto a maioria dos seus pares.  

Já no atual período (2008-2012), desde o início de  seu mandato o Vereador Maurilio Romano  Machado assumiu clara e publicamente sua postura  a favor do novo aeroporto e defendendo a idéia de  Ribeirão Preto como sede de uma região  metropolitana.

Atualmente temos uma nova  investida de peso e queremos crer  que a Câmara Municipal desta vez a acompanhe -  trata-se da nova CCE do Aeroporto, presidida pelo vereador Jorge Parada (PT)  e como relatora a vereadora Gláucia Berenice (PSDB) e integrada ainda  pelos Vereadores  Capela Novas (PPS), Gilberto Abreu (PV),  André Luiz da Silva (PCdoB), Evaldo Mendonça, o Giló (PR), Maurílio Romano (PP) e  Valdyr Vilela.

Esta  Comissão já anunciou uma série de tratativas a favor do novo aeroporto, sendo que estes vereadores estão dispostos a trabalhar tendo já anunciado uma série de medidas a serem executadas, ao contrário da Prefeita Darcy Vera  que além de querer quebrar o acordo judicial que impede a ampliação do aeroporto, falta com a verdade com a população quando afirma que o novo demoraria 10 anos para ser construído e por tal motivo atrasaria o desenvolvimento de Ribeirão e Região.

As eleições municipais se avizinham e devemos separar o joio do trigo, os políticos sérios dos SLLQCC. 

Caro eleitor, você vai decidir entre os que querem uma Ribeirão em franco desenvolvimento metropolitano e os que querem que permaneça uma “cidade grande do interior”, à mercê de interesses dos caciques que sempre dominaram a política local !!!

Como sempre e já demonstrado desde 1995, o Movimento Pró Novo Aeroporto de Ribeirão Preto não é pára-quedista neste assunto,  e se coloca a disposição da CCE para colaborar no que for preciso para o interesse público da cidade na questão do setor aéreo.
SLLQC -  Só Leite Lopes a Qualquer Custo - É o grupo de pessoas e de entidades que insistem em não deixar construir um aeroporto novo para Ribeirão Preto e que entendem que Só o Leite Lopes a Qualquer Custo lhes serve.